AS MENINAS E OS MENINOS


   Quem educa, quem deseduca? Quem é o culpado? Quem fez o seu trabalho certo?
   Esses questionamentos são feitos por pais, famílias e pela sociedade. Neste contexto sempre reflito sobre até que ponto isto é sensato ou não.
   Quando dos filhos “são vencedores”, os pais são “os caras”, já para os filhos medíocres (muitas vezes iguais aos pais), esses pais perderam ou erraram, mas se fosse assim tão fácil, tão lógico, era só ter uma receita ou fórmula mágica e formaríamos um belo espécime fêmea ou macho, teríamos a receita secreta para formar um homem, com isso seríamos todos “iguais” sem nenhuma diferença e todos seríamos perfeitos, mas em quê? E para quê?  Para quem?.
   A vida vai seguindo por uma linha reta, de tempo em tempo é cortada por perpendiculares e são essas interseções , esse “instante” os quais poderemos nos deparar com as inconstâncias, com as impossibilidade ou mesmo possibilidades , desafios, escolhas e tudo mais “perfeito/imperfeito”, temos expostos as nossas vidas e como vivemos, quais os caminhos e os desvios nessa caminhada, e por essas rotas onde estrelas nascem e morrem, onde muitos se perdem e muitos se acham, para mim essa é a vida, além de escolhas são os desvios que curtimos e nem sempre levam ao “sucesso” dos pais .
   Os psicopatas jantam com as famílias.
   

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

LULA ENVERGONHA O PAÍS - AMIGO DE LULA - ADORA DITADORES - LULA DA LUZ A DITADORES-

QUANDO O OUTRO FALA POR MIM