CENA 3 – ESSA COISA CHAMADA DESTINO – O INSTANTE – A VIDA


   Uma cara a saiu de um bairro A com destino ao centro da cidade e um indivíduo B saiu de um localidade no outro lado da cidade, em direção ao bairro da pessoa A, a interseção se deu numa tangente a uma BR, um querendo acessar a via e outro a marginal, neste instante acontece a colisão, ali do nada, sem nada a ver e dois pontos tão distantes e com destinos diferentes, ocupavam o mesmo espaço ao mesmo tempo (dois corpos não conseguem ocupar o mesmo lugar no espaço), temos ai a perpendicular e o instante da interseção e ali houve um choque, numa possibilidade pequena, onde os dois veículos se encontraram e se chocaram, sendo um do bairro A e um do local B, isto é a linha da vida e suas perpendiculares.

“A CARGA DO CAMINHÃO TOMBADO
ERA COMO LAGRÍMAS...............” Benito de Paula  

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

LULA ENVERGONHA O PAÍS - AMIGO DE LULA - ADORA DITADORES - LULA DA LUZ A DITADORES-

QUANDO O OUTRO FALA POR MIM