DIALOGAR, CONVERSAR, A DIALÉTICA ARISTOTÉLICA, QUESTIONAR-SE, AS PERGUNTAS É QUE MOVEM O MUNDO

Olá moças e rapazes.
Comer, beber e amar...
Podemos e fazemos, hoje até mais consciente (pelo ao menos enquanto houver fiscalização, pena que passa), podemos também passear, viajar, ter uma ou outra noite mais longa, enfim podemos muitas coisas.
Neste contexto poderíamos analisar nu ângulo de possibilidades e racionalidade, pois "ÀS VEZES FAÇO O QUE QUERO E ÀS VEZES FAÇO O QUE TENHO QUE FAZER” Charle.

M e R: Posso ter uma vida louca?
Dionísio: Claro
M e R: Todo o dia?                                    
Dionísio: precisa responder?
M e R: Eu tenho essa dúvida
Dionísio: Você trabalha?
M e R: Sim
Dionísio: E estuda?
M e R: Mais ou menos
Dionísio: Bem, se você não fizesse mais nada além de estudar e trabalhar, por uma questão da própria física e do físico, já ficaria inviável um terceiro item mais heterodoxo.
M e R: mas eu só teria que trabalhar e estudar?
Dionísio: de preferência sim, mas podemos racionalizar e colocar alguns pontos, tais como: A semana tem sete dias, a atividade mais rotineira se desenvolve de segunda a sábado, portanto teríamos o pouco do sábado e o domingo para se divertir (sem precisar se acabar, tanto financeiramente, quanto na saúde).
M e R: Mas isto é muito pouco.
Dionísio: Isto até é muito, pois mesmo pessoas aposentadas ou que só estudam, mesmo que só trabalhem tem outras atividades, outras responsabilidades que os anos nos imputam, que a nossas escolhas nos cobra, este é o jogo da vida ¨ dinheiro na mão é vendaval, dinheiro na mão são solidão e confusão¨.
M e R: Mas a vida é isso.
Dionísio: A vida é isso e tudo mais que você tem a oportunidade de mudar, de melhorar e de viver, sendo que viver é tudo isso e muito mais.   


Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

LULA ENVERGONHA O PAÍS - AMIGO DE LULA - ADORA DITADORES - LULA DA LUZ A DITADORES-

QUANDO O OUTRO FALA POR MIM